Pensando em se tatuar? Escute isto antes!

Alguns anos atrás, nós gravamos uma Resposta Católica a respeito da tatuagem e dissemos que a tatuagem em si não é imoral, mas são alguns fatores externos que tornam a tatuagem imoral Bom, algumas pessoas disseram que “não, padre, não é verdade, tem versículo bíblico que proíbe a tatuagem”, trata-se de Levítico, capítulo 19, versículo 28, que diz assim: “Não vos façais incisões no corpo por causa de um morto, nem marcas de tatuagem.

Eu sou o Senhor” Na verdade, esse versículo aqui só fortalece o nosso argumento, ou seja, se você for olhar o contexto da proibição da tatuagem, trata-se de um contexto em que se fala do culto aos mortos e do culto aos deuses falsos, ou seja, as pessoas naquela época usavam tatuagens para cultuar os mortos e os deuses falsos, então, é claro, isso é proibido, mas não é a tatuagem em si que é proibida.

Além disso, se você for olhar no contexto mais amplo, você vê algumas proibições como, por exemplo, não aparar a barba e, no entanto, todos nós aparamos a barba, desde que não seja um culto a um deus falso e outras coisas que são simplesmente cerimoniais, ou seja, leis que foram abolidas com o Novo Testamento como, por exemplo, a proibição de se usar roupa com dois tipos de fio diferentes, bom, a minha batina é feita de poliéster e de lã, nem por isso eu deixo de usá-la, não é verdade? Mas eu gostaria aqui de contribuir com os pais querem fazer os seus filhos pensar bem antes de fazer uma tatuagem, trata-se de uma reflexão e de um diálogo muito importante e necessário com os filhos e as filhas, porque é uma decisão mais ou menos definitiva, é necessário que você, que é menor de idade, ou até mesmo que é adulto e quer fazer uma tatuagem pense bem, porque você pensaria muito bem se você tivesse que comprar uma roupa e vestir uma roupa que você não fosse mais tirar até a sua velhice.

Você hoje tem 15 anos, vai por uma roupa e nunca mais vai tirar, quando você tiver 75 anos, 80 anos, você vai estar usando aquela mesma roupa, será que você colocaria esta roupa? Esse tipo de decisão tomada na juventude, são decisões que muitas vezes a pessoa, na fase adulta, se arrepende, além disso, é necessário você refletir a respeito do valor do seu corpo, por exemplo, se você comprasse um carro caríssimo, uma Ferrari, você colocaria um adesivo numa Ferrari? Eu acho que não Muito bem, o seu corpo vale mais do que uma Ferrari, então, não vá adesivando o seu corpo tanto facilmente Mas, se depois de refletir muito, de pensar, de rezar, você, adulto, decidir: “Não, eu quero fazer uma tatuagem”, então, pense naquilo que torna a tatuagem imoral, são dois pontos importantes para você refletir: o tipo de tatuagem e a extensão, o tipo de tatuagem quer dizer o seguinte: você não pode mandar tatuar coisas que sejam claramente coisas anticristãs, por exemplo, símbolos satânicos, coisas eróticas, pornográficas, símbolos de outras religiões, sincretismo religioso, tudo isso é claramente imoral e proibido.

Muito cuidado com alguns símbolos que você não sabe o significado, pesquise bem e veja bem o que é que você vai mandar estampar no seu copo, além disso, a a questão da extensão, ou seja, fazer a tatuagem que seja excessiva, que cubra o corpo inteiro é algo que claramente atenta contra a virtude da temperança, além disso, pense seriamente antes de fazer uma tatuagem em lugares extremamente visíveis, especialmente no seu rosto, porque o rosto é a expressão da alma, como é que você, por exemplo, expressar alegria se você mandar tatuar uma lágrima no seu rosto, você fica ali comprometido definitivamente com uma coisa que, certamente, é possível que se arrependa, então, muita prudência, ao tomar essas decisões que são definitivas e, além disso, há que se perguntar se uma coisa é moral ou imoral para você que realmente está no caminho cristão buscando a santidade, se coloque diante de Deus e pergunte assim: “será que os santos iam tatuar o seu corpo? o que os santos realmente fariam? qual é a verdadeira vontade de Deus, ou seja, o que eu posso fazer para agradar a Deus e e não somente a mim?” Deus abençoe você e a sua decisão.